0 comentário(s)

[PARNAMIRIM] UBS Primavera passa por melhorias e já realiza marcações no próprio bairro.

A população de Primavera recebeu recentemente uma excelente notícia. A Unidade Básica de Saúde do local está realizando marcações de exames de forma descentralizada da central de regulação.

A unidade também foi contemplada com a alocação de uma das convocadas no Concurso Público da Saúde e Assistência Social, regido pelo Edital nº 001/2019, no cargo de Médico – Clínico Geral. A Drª Sabrina Pinheiro chegou à unidade e já se mostrou animada com o trabalho:

“Eu até achava que não seria chamada mais esse ano e fui surpreendida, positivamente, quando vieram juntas a convocação e a nomeação. Já trabalho na Estratégia de Saúde da Família há 5 anos e a comunidade me recebeu superbem. Espero corresponder à altura e trazer uma boa qualidade de saúde para a população. O diretor também me recebeu muito bem! Estou feliz!”

A Unidade Básica de Saúde, que além de contar com o atendimento da profissional efetiva da área médica, traz mais uma comodidade para a população, a possibilidade de fazer a marcação de procedimentos diretamente no local, sem a necessidade de deslocamento para o centro da cidade.

O Diretor da UBS, Artur Santos, conta, feliz, que a unidade está em pleno funcionamento: “Aqui contamos com a marcação e agendamento de consulta com o clínico geral, central de regularização, atendimento odontológico, vacinação, curativo e atendimento de enfermagem com apoio do NASF”. O gestor continua: “A UBS conta ainda com o grupo de tabagismo, acompanhamento de gestações com foco no CD e pré-natal, atendimento ao idoso (PROEVA), farmácia básica e atendimento de Agente Comunitário de Saúde”.

Lindalva da Silva é moradora das proximidades e conta que está bem satisfeita. “A chegada da médica é muito boa para nós, porque a comunidade estava sem médico e a população sentiu muito. Espero que ela fique. Estou gostando muito do atendimento”, falou.

 

UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE JARDIM PRIMAVERA 

Rua Padre Feijó, 352, Liberdade

Funciona diariamente, das 7:30h às 12h e das 13h às 16:30h

(84) 3645-3536 – Recepção

(84) 3645-3213 – Administração

 

Fonte: Prefeitura de Parnamirim

0 comentário(s)

[COMENTÁRIO] MARA GABRILLI IMPEDE EXCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA.

 

Se emprego já não está fácil no Brasil, imaginem para os portadores de deficiência.

A Ex-Deputada Federal, Mara Gabrilli (PSDB/SP), atual Senadora e portadora de deficiência – ela é tetraplégica – adentrou ontem o plenário da Câmara Federal em uma cadeira de rodas, no momento em que se recebia um pacote de medidas de Bolsonaro (projeto de lei n° 6159), que dentre outras medidas, criaria ainda mais dificuldades para que os portadores de deficiência pudessem conseguir uma vaga emprego. Praticamente, acabaria com as quotas nas empresas para esse público, que já é rotineiramente excluído.

Esse fato ocorre justamente na semana nacional de luta pelos direitos da pessoa com deficiência. O projeto a que me refiro, abria inclusive a possibilidade para que o empresário que não contratasse deficientes dentro do que hoje a lei determina, pagasse um valor em dinheiro ao Governo Federal pela exclusão. Um verdadeiro absurdo. Em discurso emocionado, a senadora referiu-se enfaticamente ao assunto:

“Hoje, que seria um dia para comemorarmos o nosso progresso, enquanto outros países estão comemorando a inclusão — desculpem-me! desculpe-me, Rogério Marinho! Desculpe-me, Bruno Bianco! Desculpe-me, Paulo Guedes! —, o que estamos fazendo é chorar porque estamos dando um passo de retrocesso, porque estamos dando um passo para a exclusão”,

“É um projeto que vai desmoronar a lei de cotas, que há duas décadas vem colocando pessoas com deficiência no mercado de trabalho, fazendo essas pessoas virarem contribuintes, fazendo essas pessoas saírem, muitas vezes, da assistência social para virarem contribuintes brasileiros”.

“Sinto muito, Governo Bolsonaro, não tem primeira-dama que explique isso, nem na língua brasileira de sinais.”

E, finaliza, solicitando que o Presidente retire o projeto para que outro seja construído.

É lamentável a falta de sensibilidade e porque não dizer a maldade do Presidente Bolsonaro contra os que mais precisam de apoio para exercerem a sua cidadania com dignidade. Nossa sociedade precisa incluir para crescer.

0 comentário(s)

[ENTREVISTA] Boa tarde, Cidadão: Raimundo Melo, coordenador do CECOP.

 

Fala, Cidadão!

Hoje, diretamente da tranquilidade do Parque das Dunas, o “Boa tarde, Cidadão!” conversou com Raimundo Melo, Coordenador do CECOP (Centro de Documentação e Comunicação Popular), que veio nos contar sobre Projetos de Museologia Social, dentre eles, em especial, o Museu da Picada, um museu quilombola, que recentemente ganhou premiação internacional! Venha conferir!

0 comentário(s)

[COMENTÁRIO] BRASIL “PAGA O PATO” DIANTE DA SUBSERVIÊNCIA DE BOLSONARO.

A subserviência, assim como o comportamento de devoto de Bolsonaro e seus filhos aos Estados Unidos e, especialmente, a Donald Trump, tiveram um resultado a altura. É a lei da ação e reação. Há um ditado que diz: “Quem muito se abaixa, o fundo das calças aparece”.

Em uma “tuitada”, sem comunicar ao “amigo” Presidente Bolsonaro, Trump manda um forte recado ameaçando sem qualquer fundamento a taxação do aço e do alumínio brasileiro. Quem tem um amigo assim, parece não precisar de inimigo.

O argumento do amigo de Bolsonaro é que o Brasil estaria desvalorizando a moeda americana, quando ocorre justamente o contrário: Paulo Guedes está torrando no mercado as reservas de dólar do Brasil, para tentar segurar o preço absurdo que a moeda americana chegou, atingindo o maior patamar da história do Brasil.

E o pior, mesmo diante da pancada na nossa economia, o presidente brasileiro permanece inerte e diz que a taxação dos nossos produtos não nos abala. Comporta-se com uma passividade estarrecedora. E nem ao menos se presta ao papel de ligar para aquele a quem chama de amigo.

Ora, em economia, em se tratando de comércio, não existe amizade racional. O que existe é interesse de país a país e cada um tenta proteger o seu, defendendo melhores condições para sua economia e para o seu povo.

Mesmo diante da interpretação de alguns de que isso teria sido uma jogada política de Trump que tenta a reeleição, não deixa de representar uma humilhação a quem tanto se ofereceu e se rebaixou. Este episódio lembra a cena ridícula do Governador do Rio ao se ajoelhar para o jogador do Flamengo, que desprezou a sua atitude humilhante.

E esse não é o primeiro episódio. Falei aqui, que o Brasil costurava uma posição de alinhamento automático com os Estados Unidos e estava arriscando trocar uma posição estratégica de peso nos Brics, comercialmente vantajosa para nós, brasileiros, pelo “rabo da gata” e um mar de expectativas na OCDE. Trump deu um canto de carroceria no Brasil e ainda colocou a Argentina em primeiro lugar. No episódio do mega leilão do Pré-sal, as empresas americanas fugiram e quem salvou foi a própria Petrobrás e uma empresa chinesa. Por fim, a nossa carne continua embargada, o Brasil cedeu a diversos privilégios a que tinha direito na relação comercial com os EUA, mesmo em desfavor do nosso próprio país, e o que ganhamos com isso? Um coice.

Coice que afeta a nossa indústria brasileira justo no momento em que tenta se reerguer, pois aço e alumínio são matérias primas fundamentais na produção, que impactam no nosso PIB e na balança comercial.

O Brasil segue precisando de um presidente. Altivo, que reconheça o nosso valor e que se imponha, na defesa de nossa soberania e de nossas vantagens competitivas e não um presidente com uma postura fraca e subserviente. Nós, brasileiros, merecemos e podemos muito mais.

0 comentário(s)

[ENTREVISTA] Boa tarde, Cidadão: Linus Lerner, Maestro.

Fala, Cidadão!

Hoje, o “Boa tarde, Cidadão!” acontece direto do palco do Teatro Riachuelo, com o Maestro Linus Lerner, da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, conversando sobre MÚSICA! Confira!

0 comentário(s)

[COMENTÁRIO] BEBIANNO FALA SOBRE OS RISCOS À DEMOCRACIA COM BOLSONARO.

Ex aliado, ministro e homem de confiança do presidente Jair Bolsonaro, Gustavo Bebianno que já declarou: “Tenho vergonha de ter acreditado nele. É uma pessoa louca, um perigo para o Brasil”, agora afirma enfaticamente, em entrevista, que os seus filhos são debiloides e que eles estão comandando importantes setores da república brasileira de maneira oficiosa.

Além disso, reforça a imagem que o mundo já percebe há muito tempo: O risco que o mesmo provoca à democracia, na ânsia de tocar a sua agenda ideológica de extrema direita. Aliás, de modo curioso, por ser extremamente neoliberal na economia e conservadora, discriminatória e preconceituosa nos costumes.

Para Bebianno, o Presidente só quer um pretexto para adoção de medidas autoritárias. Segundo ele, o momento que atravessamos hoje é grave, gravíssimo, e a nossa democracia está em risco.

De fato, já demonstramos aqui em diversos comentários e análises, que, sem os freios e contrapesos das instituições democráticas funcionarem, estamos a cada dia, observando pauladas na democracia seguirem adiante.

A nossa democracia, que vem perdendo espaço para a autocracia e o autoritarismo, pode até não morrer de imediato, pelo menos do ponto de vista formal, mas na prática, já vem sangrando há um bom tempo pelas apunhaladas que vem sofrendo, em relação ao que se observa quando o assunto é estado democrático de direito, respeito às instituições, liturgia e respeito aos cargos mais importantes da república, ataques a direitos, à paz, e a boa convivência não só interna, mas entre os povos e no relacionamento com outras nações.

O que temos observado em nossa ainda democracia, às custas da implantação de uma agenda fundamentalista de extrema direita, sobretudo na economia e do aparelhamento de órgãos do estado brasileiro, é algo sem precedentes na história do país, e nos trará consequências ao longo dos tempos.

O povo brasileiro deve ficar atento a cada passo e buscar ter clareza de cada medida que o governo tem tomado, bem como do seu comportamento, sob pena de que seja tarde demais quando acordar e não puder voltar atrás.

Enquanto no Brasil há diversos problemas que devem ser atacados e solucionados, o que vemos é o fato do presidente e aliados dedicarem os preciosos tempos dos cargos em que ocupam na república a pensar em reeleição e formação de chapa.

A estrada a ser percorrida é muito longa, mas a carroça está na frente dos bois.

0 comentário(s)

[GOVERNO DO RN] Governo apoia campanha de incentivo ao consumo de produtos locais.

Apoiar ações que promovam o desenvolvimento econômico e social de forma sustentável com geração de trabalho, empregos e renda. Esta é uma das prioridades do Governo do RN que apoia iniciativas como a prefeitura de Currais Novos que lançou nesta sexta-feira, 29 – data que marca os 99 anos de criação da cidade – a campanha “É de Currais – se é daqui eu compro”. “Esta campanha dialoga com os esforços pelo desenvolvimento do nosso Estado, que é uma grande bandeira do governo da professora Fátima Bezerra”, afirmou o governador em exercício, Antenor Roberto ao participar da solenidade de lançamento no auditória da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Currais Novos.

O Governador destacou que a campanha “sinaliza para os empreendedores oportunidades para investimentos e estimula o consumo de produtos locais, fortalecendo a economia, promovendo a geração de emprego e renda. Além disso também eleva a autoestima da população com a valorização do seu trabalho e da cultura local”.

Antenor ainda afirmou que “esta campanha lembra a gestão estadual que reconhece as dificuldades financeiras que a administração pública enfrenta, mas não se dobra a elas. Ao contrário, enfrenta as dificuldades com diálogo e trabalho, criando alternativas, superando entraves, criando condições para atrair investimentos e superar este momento difícil. Hoje é um daqueles dias que valem muito na vida de todos nós. Currais Novos dá exemplo ao se mobilizar para fortalecer sua economia, a produção e o trabalho do seu povo”.

A campanha “É de Currais Novos – se é daqui eu compro”, foi criada pela prefeitura com apoio da CDL, da diretoria regional do Sebrae e de grande parte dos empresários e comerciantes currais-novenses.

O secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico do Estado, Sílvio Torquato, considerou a campanha como “muito importante e se associa à orientação da governadora Fátima Bezerra de a administração pública dar atenção total ao interior. O Governo apoia a campanha É de Currais – se é daqui eu compro fortalece o município, os produtores, os cidadãos, o município e o Estado”, afirmou Torquato.

Prefeito de Currais Novos, Odon Junior, explicou que a iniciativa do município é resultado “da gestão baseada no diálogo e na abertura para promover parcerias, isso aproxima os produtores e empreendedores aos gestores”. Odon Junior defendeu o novo programa de incentivos fiscais criado pelo Governo do Estado, o Proedi. “O Rio Grande do Norte foi o último estado a atualizar o programa de incentivo industrial. Apesar de algumas críticas, o Proedi é uma medida acertada e corajosa da Governadora”.

Ele citou como exemplo do acerto da medida o fato de, em Currais Novos, ter registrado saldo positivo de 120 empregos com carteira assinada nos últimos dois meses. É verdade que a prefeitura teve redução de R$ 400 mil no repasse do ICMS em três meses, mas isso já começa a ser revertido com a nova massa de salários que entra na economia local. Em pouco tempo teremos mais empregos, mais trabalho e mais renda em nossa cidade. E um exemplo disso são os novos investimentos como o do Café Ouro Branco que se beneficia dos incentivos industriais e deve começar a produzir no início do próximo ano”, afirmou o prefeito.

O vice-prefeito de Currais Novos, Anderson Alves reforçou a importância da campanha “como forma de gerar maior demanda valorizando o que é nosso, produzido por quem vive aqui. Além de despertar a consciência das pessoas, a campanha visa criar processo favorável à industrialização com reflexos no comércio, vez que a indústria oferece empregos e salários que têm como destino o consumo”.

A solenidade de lançamento da campanha também contou com a presença do presidente  da CDL de Currais Novos, Anderson Azevedo, diretor regional do Sebrae, Célio Vieira, presidente  do Sindvarejo, Hélder Araújo, representantes da UFRN, professora Andrea Cristina, do IFRN, professor Danilo Cortez, da secretaria estadual de Tributação, Vinicius Paiva, secretários municipais, vereadores e representantes dos deputados estaduais Francisco Medeiros e Ubaldo Fernandes.

 

Fonte: Governo do RN

0 comentário(s)

[COMENTÁRIO] SINAIS PREOCUPANTES NA ECONOMIA NÃO PROVOCAM REAÇÕES JUNTO À POPULAÇÃO.

A gasolina já aumentou 28% neste ano; O diesel 19%. O dólar bateu novo recorde histórico. E o preço da carne disparou. Hoje, há uma massa de pessoas que já abandou até mesmo o consumo da carne de frango e está tentando escapar comendo apenas ovo como proteína.

Diante disso, eu pergunto: Alguém teve aumento em valores tão altos percentualmente em seus salários nesse nível? Mesmo reunindo e somando os aumentos de cinco anos anteriores, raramente encontraremos categorias que tenham chegado perto desse tipo de reajuste. Muito menos as que ganham salário mínimo. E como fica a situação do desempregado? Parte deles, que recebem seguro desemprego passam a ser taxados pelo Governo, sob o argumento de que esse dinheiro vai servir para gerar empregos para os mais pobres.

Para completar, o Governo Bolsonaro ainda permite que os bancos cobrem tarifa para quem utilizar o cheque especial, justo no período onde a economia poderá faturar um pouco mais com as vendas de “Black Friday” e do Natal. Isso é um absurdo, pois quem acaba usando cartão de crédito ou, principalmente, o cheque especial é quem mais precisa. Detalhe: A taxa básica de juros, a SELIC, está no menor patamar da história, sinalizando o perigo de recessão na economia, mas os juros do cheque especial, mesmo limitados, chegam a quase cem por cento ao ano. Basta multiplicar: Oito por cento ao mês, vezes doze. E mais que o dobro desses juros são cobrados no cartão de crédito.

Vale relembrar que esses itens acabam impactando em toda a cadeia de produtos e serviços, provocando, por sua vez, aumentos em cascata.

É realmente absurdo, além de tudo isso, de todos os benefícios e vantagens dos bancos em relação aos consumidores, se permitir a cobrança de tarifa para se acessar a um crédito, em uma combalida economia.

Alguém pode estar pensando: Mas, por que isso não vira manchete nacional, ou por que isso não repercute tanto? Talvez a resposta esteja quando você liga a tv e escuta: “Crefisa […], Bradesco […], Itaú […], oferecem: Jornal nacional […], Bom dia Brasil […]”.

O que mais me chama a atenção é que parece que estamos diante de uma massa de pessoas anestesiadas ou em uma depressão coletava profunda de tal maneira que não conseguem reagir à sequência de perdas e dificuldades impostas diariamente. Muitos chegam até mesmo a reproduzir as desculpas que são divulgadas para justificar o injustificável que se pratica em nossa economia.

Um conformismo estarrecedor que muitas vezes se resume à frase: “é assim mesmo”. Ou ainda expõem um sentimento de impotência: “a gente não pode fazer nada”. Será mesmo que não?

0 comentário(s)

[GOVERNO DO RN] Governo forma mais 252 sargentos da Polícia Militar em Natal

O Governo do Estado realizou na terça-feira, 26, a solenidade de formatura de 253 alunos do Curso Formação de Sargentos (CFS) da Polícia Militar. No total, a diretoria de ensino da Polícia Militar do RN está formando 413 sargentos que irão atuar na capital e em todo o interior do Estado.  Com a conclusão do curso, os formandos ficam aptos para promoções a sargentos.

O CFS tem carga horária de 720 horas/aula e é condição básica para o cabo da Polícia Militar ingressar no quadro de acesso para a promoção à graduação de sargento. O curso contempla disciplinas como tiro policial, gerenciamento de crises, abordagem policial, capacitação em policiamento comunitário e direitos humanos.

O governador em exercício, Antenor Roberto, participou da solenidade e parabenizou os concluintes. “Vocês estarão nas ruas para garantir a segurança da população. Estão todos de parabéns e preparados para exercerem as novas funções”, afirmou o governador que destacou o empenho da administração na valorização da segurança pública e dos seus profissionais. Ele citou a nova Lei que reestruturou as carreiras na Polícia Militar, o início, em janeiro próximo, do curso de formação de mil novos soldados para a PM e o lançamento de programa habitacional para os policiais, através da Companhia Estadual de Habitação (Cehab).

Antenor destacou também a iniciativa do Estado em integrar o Hospital Pedro Germano, da Polícia Militar, ao Sistema Único de Saúde. “É um grande reforço para o atendimento público de saúde. O Hospital vai realizar 400 cirurgias por mês melhorando o atendimento a toda a população”, afirmou.

O governador ainda se referiu ao trabalho integrado entre todos os órgãos estaduais de segurança. “O Governo faz segurança de forma integrada e se relaciona com toda a sociedade através do Conselho Estadual de Segurança Pública que tem representantes da administração estadual, dos órgãos de segurança, poderes judiciário e legislativo, ministérios público estadual e federal, representações civis. E temos conseguido reduzir os índices de violência”, registrou.

O comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, disse que os sargentos assumem funções de comando e gestão. “A sociedade confia em cada um de nós da PM. Temos que retribuir isso. Vocês estão prontos, treinados e capacitados para intervir na resolução de conflitos.”

A solenidade no auditório da Escola de Governo em Natal contou também com a presença do deputado estadual coronel Azevedo; do secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Francisco Araújo; secretário adjunto da Sesed, Osmir Monte; ex-comandante da PM, coronel Angelo Mário; tenente coronel Arthur Emílio, sub-diretor de Ensino da PM; tenente coronel Vilela, comandante do CFAPM; coronel Demócrito, sub-diretor de Saúde da PM; coronel Spinolla, diretor de finanças da PM e o subtenente Eliabe Marques, padrinho da turma.

Fonte: GOVERNO DO RN